Um presépio permanente e activo em todos nós

António Sêco, Conferências de São Vicente de Paulo
0
361

“Neste Natal desejaria que cada cidadão da Covilhã recebesse, como presente, a capacidade e o querer, construir no seu interior, no seu coração, na sua alma, com as próprias qualidades e capacidades individuais, um pequenino presépio, permanente e activo.

Nas palhinhas, o amor incondicional, de mãos abertas e braços estendidos. Ao lado num manto azul, a ternura, sempre disponível. Em pé, o poder da confiança. O calor da gratidão e mansidão aquecem o ambiente. Os anjos cantam hinos de paz e harmonia, que nos levam a prescindir das preocupantes correrias e azáfamas desenfreadas. As estrelas da inteligência e sabedoria iluminam os caminhos das nossas vidas. Boa construção do pequenino presépio, permanente e activo em todos nós. Feliz Natal, digo, Presépio para todos.”

Deixe um comentário