UBI homenageia Sophia de Mello Breyner

Na próxima terça-feira
0
181

A Universidade da Beira Interior (UBI) vai homenagear Sophia de Mello Breyner Andresen com a realização de um congresso internacional subordinado ao tema “A Contemporaneidade dos Clássicos”, anunciou a instituição.

Em nota de imprensa a UBI especifica que o congresso se realiza no dia 26 e que é organizado pela Faculdade de Artes e Letras, numa altura em que se assinalam os 100 anos do nascimento daquela que é uma das figuras mais proeminentes da língua portuguesa e da literatura contemporânea. “O congresso pretende enaltecer as pontes de entendimento cultural que Sophia soube construir na sua vida e obra, como o programa consagra, com palestras e comunicações, por parte de professores convidados de diversas universidades, desde Arnaldo Espírito Santo, responsável pela conferência inaugural, até Cândido Martins, que irá proferir a palestra de encerramento”, é referido.

Segundo a informação, o programa também contempla um recital de poesia de Sophia, por parte de alunos dos diversos cursos do Departamento de Letras e de professores bibliotecários da Rede Concelhia de Bibliotecas Escolares da Covilhã. Entre as iniciativas, consta ainda a projeção do documentário de César Monteiro sobre a autora e respetivo debate, dinamizado pela cineasta Amarante Abramovici, e a apresentação da exposição de/e sobre Sophia e Jorge de Sena.

A organização lembra que Sophia de Mello Breyner Andresen nasceu a 6 de Novembro de 1919 e que a sua obra, galardoada nacional e internacionalmente, abarca desde a poesia ao conto infantil ou ao ensaio, perpetuando a existência da autora e constituindo a ligação à Grécia clássica e aos valores platónicos do belo, do bom e do justo. “Sophia insistia nas lições trazidas por clássicos como Homero ou Sófocles, a exemplo do valor da justiça, para as nossas vidas, e por ela tão destacado. Por ‘Clássicos’, entendemos também neste Congresso os paradigmas de outras culturas com as quais a obra ‘sophiana’ estabelece relações intertextuais, da portuguesa, à espanhola, à dinamarquesa ou à brasileira”, acrescenta.

O evento tem entrada livre.

Deixe um comentário