Sindicato exige desculpas a Dias Rocha

Em causa declarações sobre o fecho da fábrica de calçado
0
799

O Sindicato dos Trabalhadores do Sector Têxtil da Beira Baixa exige, em comunicado, que o presidente da Câmara de Belmonte, António Dias Rocha, lhe peça “desculpas públicas” após as declarações proferidas na última Assembleia Municipal, sobre o fecho da empresa de calçado Classic Belmonte Shoes.

Confrontado pelo deputado do PSD, Acácio Dias, a comentar o caso, Rocha disse que “a verdade é que se meteu o sindicato e, a partir daí, em 15 dias a fábrica fechou”. Declarações que segundo Sindicato raiam “a má educação, a desonestidade intelectual e grosseria” e denotam “um preconceito e uma animosidade contra este Sindicato”.

O Sindicato diz que o autarca proferiu “barbaridades” e disse ter ficado a saber que para o autarca “trabalhar e não receber não é problema, nem é escandaloso. Ficámos também a saber que quem leva 550 euros para casa depois de um mês de trabalho pode perfeitamente viver sem receber”.

Os sindicalistas acusam Rocha de “fugir às suas responsabilidades ao não cuidar de saber a fiabilidade, percurso e história do investidor”, não tendo hesitado em “atacar o Sindicato, que chamado pelos trabalhadores evitou uma greve, aconselhando os trabalhadores a voltarem a laborar algum tempo para assim dar tempo à empresa para regularizar a situação, coisa que a empresa não fez”.

(Notícia completa na edição papel)

Deixe um comentário