Saída da Cova da Beira da CIM “não faz sentido”

Autarcas não entendem "estado de alma" de Vítor Pereira
0
173

“Pode ter expressado um estado de alma”. ´Foi assim que na semana passada o presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, Luís Tadeu, autarca de Gouveia, classificou as declarações feitas na semana anterior pelo presidente da Câmara da Covilhã, Vítor Pereira, que disse que os municípios da Cova da Beira (Covilhã, Fundão e Belmonte) vão no final do mandato avaliar a integração na Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela e, após essa análise, decidir se permanecem ou não no organismo.

“Neste momento isso não é uma questão. Estamos num processo de construção e não faz sentido falar disso” afirma Luís Tadeu que, contudo, respeita a opinião de Vítor Pereira que, a título pessoal, até defende a integração da Cova da Beira na Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa. “É a opinião de um colega, que respeito” frisa Tadeu.

(Notícia completa na edição papel)

Deixe um comentário