Região reciclou mais

Nos primeiros seis meses deste ano
0
135

A actividade de recolha selectiva de materiais recicláveis registou, no primeiro semestre de 2020, um aumento de cerca de 18 por cento relativamente ao mesmo período de 2019. Quem o diz é a Resiestrela, empresa responsável pela gestão e valorização de resíduos em 14 municípios da Beira Interior.

Segundo esta, houve um acréscimo de 12 por cento na fileira do vidro, 14 no papel/cartão e 30 por cento nas embalagens de plástico e metal.

“Para os resultados alcançados contribuiu, em muito, o investimento efectuado em 2019, com o recurso a novos contentores, viaturas e sensibilização” afirma a Resiestrela, que atribui também muito do sucesso ao “empenho de todos os cidadãos”.

Deixe um comentário