Plano de emergência e protecção civil aprovado

Pela Câmara da Covilhã
0
105

O Plano de Emergência e Protecção Civil da Covilhã foi aprovado, com os votos favoráveis da maioria socialista e a abstenção de Adolfo Mesquita Nunes, na reunião pública da autarquia realizada na sexta-feira, 17.

O vereador do CDS pediu que lhe fosse feita uma apresentação das linhas gerais do plano, por ser “extenso, complexo” e em dois dias não ser possível analisá-lo em profundidade. “Eu não estou em condições técnicas de votar este documento”, salientou Adolfo Mesquita Nunes, que acabou por se abster, depois de Serra dos Reis, presidente em exercício, ter transmitido que mais tarde será feita uma “apresentação pública alargada”.

Serra dos Reis concorda que o documento “tem uma complexidade de várias áreas de abrangência”, foram introduzidas “algumas melhorias” e explica que será agora submetido à Assembleia Municipal e à Autoridade Nacional de Protecção Civil.

Deixe um comentário