Piscina das Penhas da Saúde reabre segunda-feira

1
1262

Equipamento, encerrado há cerca de 20 anos, tem a particularidade de ter o interior pintado de preto, “uma tendência” e também uma forma de absorver maior calor do sol

A piscina das Penhas da Saúde reabre ao público na próxima segunda-feira, 29, embora no domingo à tarde o espaço esteja aberto, com acesso gratuito, para poder ser visitado. A estrutura tem a particularidade de o interior ser pintado a preto, não apenas por ser “uma tendência”, mas sobretudo por questões térmicas, uma vez que a cor escolhida absorve melhor o calor e ajuda a água a manter uma temperatura mais elevada.

A informação foi hoje adiantada ao NC por Pedro Farromba, presidente da Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDIP), que gere a Pousada da Juventude e espera com o equipamento criar mais um factor de atracção na Serra da Estrela.

Depois de cerca de 20 anos encerrada à actividade a que se destina, a mítica piscina das Penhas da Saúde reabre na sequência de um protocolo com a Junta de Freguesia das Cortes do Meio, proprietária do espaço, que cede a estrutura, em regime de comodato, por 15 anos.

O bilhete diário vai custar quatro euros,  meio dia três euros. As crianças até aos cinco anos não pagam e para os menores entre os cinco e os 12 anos o ingresso é metade do valor. Os moradores de Cortes do Meio têm livre acesso, no âmbito do acordo entre as partes.

A piscina, que aproveita a água da ribeira, foi alvo de melhoramentos significativos. Os muros a toda a volta são novos, tal como o chão, em betão. À noite o equipamento terá uma cobertura para impedir o arrefecimento da água, mas a intenção dos responsáveis, adianta Pedro Farromba, é no próximo ano ter instalados mecanismos activos de aquecimento, como é o caso dos painéis solares, para que a temperatura seja mais agradável.

“O que pretendemos é continuar a dignificar a Serra da Estrela, ter mais uma valência, criar mais uma actividade e ter a oportunidade de reabrir uma piscina que está na memória dos covilhanenses e de quem visitava a serra no Verão”, sublinha, ao NC, Pedro Farromba, o presidente da FDIP, que acrescenta ter projectos ambiciosos para o espaço no futuro.

Mais informação na próxima edição impressa do Notícias da Covilhã.

1 comment

Deixe um comentário