Petição com quase mil assinaturas pede redução da factura da água

0
80

Uma petição subscrita por 977 pessoas foi entregue à Assembleia Municipal da Covilhã a exigir “a redução urgente dos preços da água, saneamento e resíduos para valores económica e socialmente justos, garantindo a acessibilidade e um serviço público de qualidade para todos os cidadãos”.

O documento, que solicita o agendamento do tema no órgão, frisa que os covilhanenses pagam a factura mais cara de água, saneamento e resíduos do distrito e uma das mais elevadas do país. “Segundo o regulador, a ERSAR, um consumo mensal de 10m3/mês custa mais €7,93 na Covilhã (€32,55) do que a média nacional (€24,62), ou seja, mais 32,2%”, censuram os subscritores da petição.

“Não surpreende, pois, que nos últimos cinco anos, a Águas da Covilhã tenha registado lucros acumulados superiores a 4 milhões e 700 mil euros”, acentua o documento, cujo primeiro subscritor é Jorge Fael.

(Mais informação na edição impressa do NC).

Deixe um comentário