Pavilhão albicastrense equipado com 60 camas

Cedidas pelo exército
0
182

A Câmara de Castelo Branco está a criar uma zona de apoio de retaguarda no pavilhão municipal, equipada com 60 camas, que será utilizada em caso de emergência no âmbito do combate à covid-19..

“Esta é mais uma medida que vai ao encontro do trabalho que tem sido desenvolvido em cooperação com várias entidades, no combate ao vírus e à sua propagação”, refere, em comunicado o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia.

A Zona de Apoio de Retaguarda, localizada no Pavilhão Municipal, conta com 60 camas cedidas pelo Exército português e será utilizada, em caso de emergência, no âmbito do combate à covid-19, sendo que beneficia de uma localização privilegiada, junto à Unidade Local de Saúde (ULS) de Castelo Branco. “Este é mais um espaço criado pela autarquia [Castelo Branco], que se junta à disponibilização da Base de Apoio Logístico (BAL)”, lê-se na nota.

O autarca explica ainda que esta medida vem reforçar os esforços de coordenação e cooperação que o município de Castelo Branco tem desenvolvido com várias entidades na criação de condições para dar uma rápida resposta, em caso de necessidade.

Deixe um comentário