Leão saca ponto importante no Algarve

Empate a zero frente ao líder Farense
0
335

Quatro jogos, duas vitórias, dois empates, e um Covilhã nos primeiros lugares, a apenas seis da liderança, e cinco da zona de subida. É este o pecúlio de Daúto Faquirá desde que tomou conta da equipa que, no passado domingo, de manhã, na difícil deslocação ao Algarve, para defrontar o agora líder Farense, trouxe um ponto positivo, fruto de um empate a zero.

Numa primeira parte em que os “Leões de Serra” chegaram a dominar a partida, foi o Farense a primeira equipa a criar perigo, num remate de Fabrício, aos 13 minutos, após livre do pequeno escocês Ryan Gauld. O Covilhã ia contendo o ímpeto inicial dos algarvios e, a meio da primeira parte, já dominava a partida. Aos 34 minutos, após bom trabalho colectivo, Mica Silva, com um remate fora da área, proporcionou defesa atenta a Hugo Marques, e quatro minutos depois, a melhor oportunidade de golo dos serranos em toda a partida, com um passe nas costas da defesa algarvia a apanhar Kukula na cara de Hugo Marques, que fez uma grande defesa e evitou males maiores para a sua equipa. Em cima do intervalo, na sequência de um canto, Mateus Silva cabeceou na área serrana e proporcionou defesa segura a Carlos Henriques.

Na segunda parte, o jogo perdeu ainda mais intensidade. O Farense tinha mais bola, mas sem criar grande perigo, e o Covilhã apenas pela certa tentava chegar ao último reduto da equipa de Sérgio Vieira. Só mesmo nos últimos 20 minutos o jogo ganhou alguma animação. Aos 72 minutos, Ryan Gauld, de cabeça, atirou ao lado da baliza de Carlos Henriques. E aos 78 minutos, os algarvios tiveram a melhor ocasião de toda a partida. Bola nas costas da defesa covilhanense, Zarabi a não conseguir o corte e Fábio Nunes, isolado na cara de Carlos Henriques, a não conseguir desfeitear o guardião que, com o pé direito defendeu a bola. Até final, apenas por mais uma vez o Farense obrigou o guarda-redes covilhanense a intervir, num remate fora da área de André Vieira.

Deixe um comentário