Juntas levam a casa bens a quem precisa

Um pouco por toda a região
0
165

Castelo Branco, Covilhã/Canhoso, Peso/Vales do Rio, Vila do Carvalho/Cantar Galo, Boidobra ou Belmonte/Colmeal da Torre. São estes apenas alguns dos muitos exemplos em que as juntas de freguesia se disponibilizaram a levar bens de primeira necessidade a quem precisa, e não pode sair à rua. Ou seja, se alguém precisar de algo de uma mercearia, de uma farmácia, ou outro serviços, os funcionários da autarquia vão lá e deixam à porta de casa.

Na Boidobra, por exemplo, o serviço destina-se aos cidadãos que devem ficar em confinamento obrigatório no domicílio determinado pelas autoridades de saúde. E às pessoas “a quem devemos especial protecção”. São igualmente contemplados os residentes maiores de 70 anos; e ainda os imunodeprimidos e os portadores de doença crónica (os hipertensos, os diabéticos, os doentes cardiovasculares, os portadores de doença respiratória crónica e os doentes oncológicos).

O serviço realiza-se mediante agendamento pelos contactos 275 324 547, 968 425 524 ou junta.boidobra@sapo.pt ou diretamente para os membros da Junta de Freguesia: Presidente | Marco Gabriel | 966 648 686, Secretária | Ilda Vaz | 938 123 867 e Tesoureiro | Tiago Duarte – 963 412 483.

Já a união de freguesias de Peso e Vales do Rio, em parceria com a Câmara da Covilhã, o Centro Social de Vales do Rio e o Centro Social e Comunitário do Peso, desenvolve um projecto de apoio aos cidadãos mais idosos, que consiste na aquisição de medicamentos e bens alimentares de primeira necessidade a todos aqueles que não podem sair de casa para evitar a propagação do Covid-19.

Estes alguns dos exemplos que agora são implementados um pouco por todo o lado face à pandemia.

Deixe um comentário