Guardiões convidam crianças a brincar na rua

Projecto Brincar de Rua chegou à Covilhã. A próxima sessão é dia 28 de Fevereiro, no Jardim do Lago
0
325

É importante as crianças terem brincadeiras ao ar livre e pouco planeadas. Terem a oportunidade de explorar, de esfolarem os joelhos, de darem asas à imaginação. É por considerar este um factor importante para o desenvolvimento holístico dos filhos que Ana Carlos os levou aos dois primeiros encontros na Covilhã do Brincar de Rua, projecto que vai passar a ser semanal, com o contributo de voluntários que vigiam, interagem com as crianças, caso sejam solicitados, e interferem o menos possível.

“Ou porque está frio, ou porque está calor, ou porque está a chover, ou porque está muito sol, ou porque não há tempo. Não há tempo porque as crianças têm uma agenda muito preenchida em actividades, estudos, coisas muito estruturadas”, analisa Ana Carlos, para quem a ocupação formal das crianças dever ser moderada.

Mãe de dois filhos, Ana Carlos acredita que crianças que brincam em contacto com a natureza se tornam adultos mais resilientes e mais felizes. A sua experiência mostra-lhe diferenças no comportamento quando brincam bastante tempo ao ar livre ou quando não o fazem. Por isso elogia a iniciativa que decorreu pela segunda vez na sexta-feira, 31, no Jardim do Lago.

(Notícia completa na edição papel)

Deixe um comentário