Exploração de lítio volta a ser contestada

Caminhada simbólica no Barco
0
211

Uma caminhada, simbólica, que visou alertar para o bem “mais essencial: a água”. Foi esta a intenção dos Guardiões da Serra da Estrela, no passado sábado, 12, no Barco, numa acção que visou chamar a atenção para a problemática da possível exploração de lítio na Serra da Argemela e as consequências que poderá ter para o rio Zêzere.

Segundo os Guardiões, a possível mineração a céu aberto prevista para a Argemela é “uma ameaça que paira sobre este território” e não pode ser “tratado e decidido no obscurantismo da burocracia e decisão política”. Por isso, a iniciativa serviu sobretudo para alertar a opinião pública para “o impacte que as minas provocarão não apenas nos ecossistemas locais e da região, mas particularmente num dos recursos hidrográficos mais importantes da região e do País, com nascente na Serra da Estrela, e no bem mais precioso da humanidade: a água”.

Deixe um comentário