“Estamos todos a rumar para o mesmo lado”

Um ano após a reorganização do executivo, em que a oposição passou a ter pelouros, Dias Rocha mostra-se satisfeito pela opção tomada
0
91

A opção suscitou críticas, nomeadamente, de partidos da oposição. Há um ano, a 10 de Maio de 2018, em reunião do executivo belmontense, foi aprovada uma nova distribuição de tarefas pelos vereadores, com os dois da oposição, Amândio Melo e Luís António Almeida (eleitos pelo PSD/MPT) a verem ser-lhes atribuídos pelouros, com Melo a ficar mesmo a meio-tempo no executivo. Um ano depois, o presidente da Câmara eleito pelo PS, António Dias Rocha, diz que a opção foi acertada.

“Tenho tido relações excelentes com eles, como tenho com o resto do executivo. Conhecemo-nos há muitos anos. Estamos todos a rumar para o mesmo lado, fazendo o que é preciso” assegura. 

Em Maio do ano passado, Rocha dizia ser este o exemplo da “maneira séria como estamos a enfrentar os problemas” e acreditava que “todos vamos ser úteis à população”, elogiando a “grandeza” dos dois vereadores em aceitarem pelouros. “O que não quer dizer que tenhamos de estar sempre de acordo” frisava.

(Acompanhe a notícia na integra na edição impressa)

João Miguel Alves

Deixe um comentário