“É necessário crescimento económico”

ESPECIAL LEGISLATIVAS- Ana Camilo, candidata do Aliança pelo distrito
0
282

O combate à pobreza e exclusão social, a coesão territorial e o crescimento económico são as “causas transversais” defendidas pelo Aliança, partido criado há menos de um ano, que tem em Ana Camilo a cabeça-de-lista por Castelo Branco. O “personalismo, o liberalismo e a solidariedade” são as pedras em que assentam as ideias da força partidária, acentua o rosto da campanha.

Ana Camilo elogia “as virtudes do liberalismo económico” e defende “a liberdade de cada pessoa fazer as suas escolhas, desde que o estado esteja presente em determinadas áreas, como a saúde, a cultura e nos sectores essenciais da vida das pessoas”.

A candidata avança por não se conformar com “as desigualdades de oportunidades” e entender que o distrito de Castelo Branco tem sido “permanentemente esquecido pelos sucessivos governos”. A principal prioridade é ver o distrito progredir, e para isso é necessário “crescimento económico, para que possa haver melhores salários”.

(Notícia completa na edição papel)

Deixe um comentário