Distrital volta a contar com dez equipas

Boidobra acabou por confirmar participação. Sporting da Covilhã B “substitui” Académico do Fundão
0
313

Está confirmado: o distrital de Castelo Branco deste ano, designada de Liga Leitão Beirão, terá o mesmo número de equipas da época passada: dez. Foi este o número de conjuntos que confirmou, até ao passado dia 12 de Agosto, a sua inscrição junto da Associação de Futebol de Castelo Branco, que inicialmente deu como prazo 31 de Julho, mas acabou por alargar esse período já que, à data, apenas quatro equipas tinham feito a sua inscrição.

Em relação ao ano passado, há duas entradas, e duas saídas. Desde logo, o Alcains, que regressa do Campeonato de Portugal, para onde foi promovido o Sernache; e o Sporting da Covilhã B, que ocupa a “vaga” deixada em aberto pelo Académico do Fundão, que este ano desistiu do futebol sénior.

Em relação aos favoritos à conquista da prova, são três: Alcains, Idanhense e Águias de Moradal.

Nos “canarinhos”, após a descida dos nacionais, o técnico Leandro Monteiro saiu para acompanhar Filipe Gouveia na Arábia Saudita e Ricardo António, ex-BC Branco, é o sucessor. Entre os reforços, destaque para Dani Matos, que vem do BC Branco. E para a manutenção de Rúben Nogueira. Do Pedrógão, após empréstimo, regressa Léo.

O Moradal mantém a base da época passada, e a dupla João Mateus/Ricardo Costa já tem diversos reforços de “peso”. Desde logo Robinho, ex-Sernache, Josir Camará, que vem da Turquia, Pedro Almeida e Zé Venâncio, os dois ex-BC Branco, Mateus e Gustavo, dois brasileiros que chegam do Eléctrico e Carapinheirense, e Salvado Júnior e Pedro Carmo, que chegam da Idanha.

No Idanhense, o jovem Pedro Paiva continua à frente da equipa, que mantém muitos elementos da época passada e, para já, tem dois reforços: Bruno Furtado, ex-Gafetense, e Da Silva, guineense que chega do Carregado.

Numa segunda linha, no que toca a poderio, surgem o Vila Velha de Ródão e Pedrógão. Na equipa do Tejo, o treinador é o mesmo, Chico Lopes, e a base da época passada mantém-se. Nos da Raia, André Matias fica, e tem como principais reforços Patriarca (ex-Manteigas) e Filipe Velho (ex-Atalaia).

Depois, há outras cinco equipas a lutar pelo melhor lugar: Proença-a-Nova, onde Quim Manuel, ao que se sabe, está de saída; o Sporting da Covilhã B, com Paulo Gomes, e muitos jovens da formação; Atalaia do Campo, de onde saiu Sérgio Duarte e muitos atletas; Belmonte, que mantém João Alves, e conta com Ricardo Sousa na equipa técnica, num conjunto sem grandes mudanças em relação à temporada passada; e a Boidobra, que após algumas dúvidas, confirmou a participação na prova, com a “promessa” camarária de obras no campo 8 de Dezembro, onde pretende realizar os jogos deste ano.

O distrital, este ano, tem novo patrocinador, a empresa Leitão Beirão, e inicia-se dia 29 de Setembro. Antes, há dois jogos da Taça de Honra José Farromba, a 15 e 22 desse mês.

 

Deixe um comentário