Detidos por suspeitas de atearem incêndios

Casal apanhado pela PJ
0
176

Um homem e uma mulher, desempregados, foram detidos pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeita de terem ateado “vários focos de incêndio distantes entre si” em várias localidades dos concelhos de Almeida e de Pinhel, distrito da Guarda.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda anunciou na segunda-feira, 31 de Agosto, em comunicado, que deteve os suspeitos, com 47 e 26 anos, com a colaboração da GNR e dos Núcleos de Proteção Ambiental (NPA) de Almeida e de Vilar Formoso. Segundo a fonte, os detidos estão “fortemente indiciados pela prática de, pelo menos, cinco incêndios florestais, ocorridos entre 11 e 29 de Agosto”, em várias localidades dos concelhos de Almeida e de Pinhel.

“O casal atuava conjuntamente e deslocava-se de motociclo entre os vários locais onde vinha ateando sucessivos focos de incêndio, como terá ocorrido no último sábado, por volta das 18 horas, na estrada que liga as localidades de Valverde a Senouras, no concelho de Almeida, quando [os suspeitos] deram início a mais três incêndios, separados entre si por uma distância de aproximadamente 1.600 metros”, lê-se.

(Notícia completa na edição impressa)

Deixe um comentário