Cova da Beira avalia futuro da CIM

Vítor Pereira diz que autarcas dos três concelhos vão avaliar permanência no fim do mandato
0
501

Os municípios da Cova da Beira – Covilhã, Fundão e Belmonte – vão no final do mandato avaliar a integração na Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE) e após essa análise decidir a relação futura com o organismo. A informação foi adiantada por Vítor Pereira, presidente da Câmara da Covilhã, na última sexta-feira, 25, no final da reunião pública da autarquia.

Vítor Pereira adianta que “muito recentemente” os três presidentes da Cova da Beira estiveram reunidos a conversar sobre o assunto e a reflectir sobre possíveis geografias.

Segundo o presidente da Câmara da Covilhã o intuito é, chegados ao final deste mandato, fazer uma avaliação do enquadramento dos três municípios na actual Comunidade Intermunicipal e serem tomadas decisões. “Até lá devemos estar de corpo e alma, contribuirmos para as boas soluções”, realça.

“Findo esse período fazermos essa avaliação. De forma desapaixonada, objectiva e isenta decidirmos o que devemos fazer relativamente ao futuro, até porque são possíveis outros desenhos geográficos para adequar as comunidades intermunicipais”, acrescenta o edil.

A título particular, numa opinião que acentua apenas o vincular a si próprio, Vítor Pereira considera que o cenário preferível seria “a junção da Cova da Beira com a Beira Baixa”, sem mencionar se esse modelo incluiria ou não a CIMBSE. Primeiro há que fazer um balanço “e depois tomarmos as decisões que entendermos mais consentâneas com a defesa dos interesses das nossas populações”, vinca.

(Notícia completa na edição papel)

Deixe um comentário