Clero visita populações que “ficaram sem nada”

0
1183

Numa iniciativa promovida pelo Vigário Episcopal para o Clero, padre Carlos Sousa, os sacerdotes da Diocese da Guarda estiveram esta quarta-feira, 26, em visita as aldeias de S. Gião, concelho de Oliveira do Hospital e Diocese da Guarda.

Numa oração na pequena capela do lugar Parceiro, os sacerdotes da diocese ouviram o testemunho das vítimas desta tragédia ocorrida em 2017.

O Bispo da Guarda exaltou a solidariedade manifestada por muitos e sobretudo o empenho da população na reconstrução da capela, já concluída e resultado do voluntariado dos residentes.

  • As queixas dos que ficaram “sem nada” lembram que os apoios tardam em chegar. No entanto, Maria Dolores, a residir na Covilhã, natural do lugar, mostra o amor e a esperança de que a terra “se há-de reerguer”
  • Bispo da Guarda conversando com Germano, que perdeu a esposa no incêndio de 2017

    Deixe um comentário