Câmara faz empréstimo de 750 mil euros para três obras

Castelo, Paços do Concelho e Centro Interpretativo de Centum Cellas
0
421

Os deputados da Assembleia Municipal de Belmonte aprovaram na passada quarta-feira, 25 de Setembro, em reunião ordinária do órgão, a contracção por parte da Câmara de três empréstimos (com montante global de 750 mil euros) para a realização de três obras consideradas “fundamentais” por parte do presidente da autarquia, Dias Rocha: as requalificações dos Paços do Concelho e castelo, bem como a construção do Centro Interpretativo de Centum Cellas.

Cada um dos empréstimos foi votado individualmente, mas todos foram aprovados por unanimidade. Alguns deles, esclareceu Rocha, não entram na capacidade de endividamento da autarquia.

A requalificação dos Paços do Concelho, edifício da autarquia, terá um custo total de 320 mil euros. Destes, 149 mil já estão garantidos através de fontes de financiamento, e a Câmara aprovou a contração de um empréstimo que pode chegar aos 224 mil euros. Já a criação do Centro Interpretativo de Centum Cellas, obra reclamada e prometida há décadas, terá um custo total de 800 mil euros, com 403 mil a terem financiamento garantido, a autarquia a pedir emprestados à banca um montante até 452 mil. No que diz respeito à requalificação do castelo, é a obra mais barata, com custo total de 243 mil euros, com 170 a estarem garantidos por financiamento externo, e a autarquia a pedir emprestados 73 mil euros.

 

(Notícia completa na edição papel)

Deixe um comentário