Avós são “preciosa ajuda” na educação das crianças

Bispo da Guarda assinala Dia dos Avós, que se comemora dia 26
0
260

O Bispo da Guarda, D. Manuel Felício, considera que apesar dos pais serem os primeiros responsáveis pela condução educativa dos filhos, os avós podem ser “preciosa ajuda” em todo este processo, pela “disponibilidade de tempo e pelas relações de afecto” que mantêm com os mesmos. A mensagem deixada para o próximo do 26 deste mês, em que se comemora o Dia dos Avós.

Em Seia, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a Diocese irá assinalar a data, dia 26, com uma eucaristia pelas 10 horas e 30, em que haverá uma oração pelos avós partilhada, e em que D. Manuel deixará uma mensagem sobre este dia.

O Bispo recorda que neste dia se celebra a memória litúrgica de São Joaquim e Santa Ana, pais de Nossa Senhora, Mãe de Jesus e “consequentemente avós de Jesus. Por isso, estes dois santos são considerados patronos dos avôs e das avós.”

D. Manuel diz ainda que com frequência se ouve dizer que os avós são “pai e mãe duas vezes” e, “na verdade, certos benefícios que não conseguiram proporcionar, ou por falta de tempo, porque muito ocupados, por exemplo, com a profissão ou por falta de disponibilidades materiais, agora tentam concentrá-los nos netos.”

Porém, recorda que o mais importante é o papel que, na actualidade, são chamados a desempenhar no crescimento e na educação dos netos. “Como sabemos, educar bem uma criança, um adolescente ou um jovem não pode consistir apenas em lhes apresentar códigos de conduta, por mais perfeitos e bem elaborados que eles sejam. Educar é ajudar a crescer para a vida, em todas as suas dimensões e valências. Por isso, a verdadeira educação implica compreender e assimilar valores essenciais em ordem a uma vida equilibrada e com projecto.”

D. Manuel diz que os avós reúnem especiais condições para apoiar, acompanhar e guiar os seus netos. “De facto, se o processo educativo exige tempo e sempre alguma vigilância, embora discreta, os avós são preciosa ajuda para os pais, sempre os primeiros responsáveis pela condução educativa dos seus filhos” frisa.

Deixe um comentário