Alunos de Gonçalo voltam à escola se testarem negativo

Primeiro caso de covid-19 detectado em funcionária da escola sede do Agrupamento Pedro Álvares Cabral
0
95

Os alunos de Gonçalo, freguesia do concelho da Guarda que fica bem próxima de Belmonte, vão poder voltar à escola da vila, em princípio, já esta semana, depois de ficarem a saber se os testes efectuados à covid-19 são negativos. Foi esta, em suma, a mensagem deixada pela Junta de Freguesia local, António Jorge Esteves, em comunicado, depois de, numa primeira fase, a delegada de saúde do ACES Cova da Beira ter determinado que os estudantes oriundos desta localidade ficassem em casa durante 14 dias, depois de ter sido detectado um caso de covid-19 na escola sede do agrupamento.

Ao que o NC apurou, este caso está relacionado com um outro, de um aluno da escola Frei Heitor Pinto, que é natural de Gonçalo, e do seu núcleo familiar. O aluno mantém relações de amizade em Belmonte e a mãe, também infectada, trabalha numa confecção da vila. Quanto ao caso da escola, apesar do agrupamento não especificar quem foi, sabe o NC que é relativo a uma funcionária, também daquela localidade, que vive no mesmo prédio desta família.

(Notícia completa na edição papel)

Deixe um comentário