AFCB aprova novos incentivos aos clubes

Desde subsídios à participação em provas, bem como descontos nas inscrições de atletas
0
186

A Associação de Futebol de Castelo Branco (AFCB) divulgou na passada semana um novo conjunto de incentivos aos clubes do distrital, que na próxima temporada participem em provas federadas quer de futebol, quer de futsal, nos escalões séniores ou de formação.

Em comunicado, a AFCB lembra os “problemas de várias ordens com que se debatem os nossos clubes agravados pela situação de pandemia em que continuamos a viver” e por isso, no sentido de “procurar melhorar condições para o desenvolvimento do nosso futebol e futsal”, aprovou alguns incentivos que “possam ser estímulo à actividade dos diferentes filiados, assim como minorar os encargos financeiros dos mesmos”.

No futebol sénior, clubes que não tenham participado nos últimos três anos no distrital sénior masculino recebem um subsídio de dois mil euros, caso entrem este ano, que será de 2500 euros caso tenham equipas inscritas em todos os escalões de formação. Porém, ficam obrigados a participarem, no mínimo, durante duas épocas. No futebol feminino, o incentivo é de 500 euros para clubes nas mesmas condições. Ainda no futebol sénior há diferentes incentivos graduais nas quotas de inscrição. Por exemplo, um clube com todas equipas inscritas em todos os escalões de formação terá um incentivo de 100 por cento.

Ainda no futebol sénior masculino, quem tenha tido inscrito, durante um mínimo de três anos, atletas formados no clube, terá um incentivo de 75 por cento na taxa de inscrição, que será de 50 por cento caso sejam atletas inscritos pelo clube nos últimos três anos mas que tenham sido formados no distrito.

No futebol de formação haverá subsídios entre 350 e 100 euros, dependendo de algumas condições. Por exemplo, quem inicie ou reiniciem a participação nos escalões de juvenis e juniores, recebe 350 euros, caso não tenha participado nestes escalões nos últimos três anos. Em infantis e iniciados, a mesma coisa, com um subsídio de 250 euros. Também aqui estão previstos diversos descontos no que concerne às taxas de inscrição de equipas e atletas.

No futsal sénior, novas equipas que entrem no próximo distrital recebem uma verba de mil euros, com a obrigação de estarem presentes, no mínimo, dois anos seguidos, subsídio que será de 1500 euros caso tenham equipas inscritas em todos os escalões de formação. No futsal feminino, quem entra de novo recebe 500 euros. Também aqui estão previstos diversos incentivos nas taxas de inscrição das equipas, que atingem os 100 por cento quando o clube possui todos os escalões de formação.

No que toca aos jogadores, também há descontos nas inscrições, consoante o facto do atleta ser formado no clube ou distrito, e estar inscrito, no mínimo, há três anos em provas oficiais da AFCB.

No futsal de formação, também estão previstos incentivos entre 350 e 100 euros nas novas inscrições em escalões como juvenis ou juniores, entre outros.

Deslocações e certificação vão contar

A AFCB também anuncia um subsídio de deslocação de 20 cêntimos até aos 100 quilómetros, e de 40 cêntimos caso a distância seja maior, aos clubes que participam nas provas seniores de futebol e futsal. No futsal feminino, de 200 quilómetros para a frente o subsídio é de 50 cêntimos. Neste escalão há ainda um subsídio de alimentação de 100 euros às equipas que tenham deslocações superiores a 200 quilómetros numa eventual prova inter-distrital.

Além disso, a AFCB compromete-se ainda a atribuir subsídios mediante o nível de certificação alcançada pelos clubes, e também atribuir incentivos em quotas de filiação, bem como isentar de taxas de jogo as partidas de seniores em futebol e futsal, ou isentar o pagamento de quotas de arbitragem no futebol e futsal de formação, entre outras medidas.

Deixe um comentário