Director Fernando Brito | Fundado em 1913 | Assinatura | Contactos | Publicidade | Ficha Técnica
Entrar | Registe-se | Ajuda
Banner Topo Direita
O semanário mais antigo
do Distrito de Castelo Branco
tempo 10 ºC
Covilhã
Sexta-Feira, 15 de Dezembro
|
|
|
|
|
|
Subscrever RSS Feed RSS Feed
Onde estou? » Local » Covilhã

Sindicato quer salário nos 600 euros

2017-03-01
 


 
No sector dos têxteis

 

O Sindicato Têxtil da Beira Baixa propõe às entidades patronais um aumento do salário mínimo no sector para 600 euros. Uma revindicação feita no âmbito do processo de negociação dos contractos colectivos de trabalho dos sectores dos lanifícios, vestuário e têxteis-lar.

 

No que diz respeito ao sector do vestuário, as negociações foram já iniciadas e foi apresentada uma proposta que prevê apenas a negociação de melhores salários. “Temos como base a fixação do salário mínimo nacional no sector nos 600 euros. Com o desenvolvimento de salários a partir dos 600 euros para cima”, explica o presidente da direcção, Luís Garra, que considera a proposta “absolutamente exequível e realista face à favorável conjuntura económica que o sector atravessa”.

 

Para Luís Garra aquela ideia de crise e de empresas a fechar não existe neste momento. “O que nós temos hoje é aquilo que sempre dissemos. O sector do vestuário esteve exposto, sofreu uma sangria muito forte em termos de empresas e postos de trabalho mas aquilo que resistiu estabilizou e melhorou a sua capacidade competitiva e aumentou a sua rentabilidade”, realça.

 

 
Ana Rita Pinto
 
Tags:
Classificar artigo: 
   
 
Comente Comente     Imprimir Imprimir     Enviar artigo Enviar artigo
Para comentar esta notícia tem de ser um utilizador registado
Entrar ι Registe-se
!!SQL|3|open|select nome, email from REGISTO where id='@@CS|usrid@@'!! !!SQL|3|close!!
O Seu Nome:
O Seu E-mail:
O Nome do Amigo:
O E-mail do Amigo:
A sua Mensagem:
Código de Segurança:
Confirme o Código de Segurança.
Por favor insira os 6 caractéres que estão presentes na imagem.
A inserção dos caractéres é sensível a maiúsculas e minúsculas (case sensitivity).

EDITORIAL

Construtores da Paz

Fernando Brito       Editorial

OPINIÃO

A limitação de mandatos e a gestão pública

João Alves
Editorial

 


Últimas
Mais comentados
Mais lidos
Anúncios Imobiliários
 

Moradia Isolada T5


Moradia Isolada T5

Para: Venda
Quiaios, Figueira da Foz

Consultar

Moradia Isolada T4+2


Moradia Isolada T4+2

Para: Venda
Tavarede, Figueira da Foz

Consultar

Apartamento T1


Apartamento T1

Para: Venda
Santo António dos Olivais, Coimbra

Consultar

Prédio


Prédio

Para: Venda
São Julião (Figueira da Foz), Figueira da Foz

Consultar

NC TV
 


Inquérito   Inquérito


Jornal Notícias da Covilhã Jornal Notícias da Covilhã - O semanário mais antigo do Distrito de Castelo Branco Jornal Notícias da Covilhã - O semanário mais antigo do Distrito de Castelo Branco, expertmedia, xmedia