Todos nasceram no Dia da Liberdade e todos se sentem, de alguma forma, filhos da revolução e gratos pelas conquistas alcançadas" /> Todos nasceram no Dia da Liberdade e todos se sentem, de alguma forma, filhos da revolução e gratos pelas conquistas alcançadas - Jornal Notícias da Covilhã - O semanário mais antigo do Distrito de Castelo Branco" />
Director Luís Freire | Fundado em 1913 | Assinatura | Contactos | Publicidade | Ficha Técnica
Entrar | Registe-se | Ajuda
Banner Topo Direita
O semanário mais antigo
do Distrito de Castelo Branco
tempo 27 ºC
Covilhã
Quinta-Feira, 23 de Maio
|
|
|
|
|
|
Subscrever RSS Feed RSS Feed
Onde estou? » Secções » Actualidade

Herdeiros do 25 de Abril

2019-04-24
 


 

Todos nasceram no Dia da Liberdade e todos se sentem, de alguma forma, filhos da revolução e gratos pelas conquistas alcançadas

 

 

Nasceram todos depois da Revolução dos Cravos. António Ferreira no alvor da manhã do “Dia inicial inteiro e limpo/Onde emergimos da noite e do silêncio”, quando havia apenas rumores de que algo estava em curso em Lisboa. Susana Vicente abriu os olhos para o mundo também no Dia da Liberdade, já ao anoitecer, depois de Marcello Caetano se render à coluna de Salgueiro Maia, mas quando, na Covilhã, a informação escasseava, a televisão estava sem sinal e as poucas actualizações chegavam pela rádio ou via telefone.

 

Quando Hélia Cassapo nasceu, Abril tinha aberto “as portas da claridade” há precisamente quatro anos. Xavier Canavilhas, 23 anos, é de outra geração, mas sente-se “indissociável” do 25 de Abril, não apenas por ser o seu dia de aniversário, mas porque entende que o fim da ditadura de 48 anos lhe marcou a vida como a conhece. Madalena Caetano tem 15 anos. Embora preze as várias dimensões da liberdade que lhe foi oferecida em 1974, diz-se pouco conhecedora de “história antiga” e afirma que, para a maioria das pessoas da sua idade, a data “é pouco mais do que um feriado, como outros”.

 

Embora olhem para o 25 de Abril, data de uma viragem histórica no país e também o dia do seu aniversário, com maior ou menor entusiasmo, embora tenham pouco ou muito conhecimento sobre como era o Portugal do Estado Novo, sobre a entrega e abnegação de uns quantos para abrir caminho a um país renascido ou sobre o que aconteceu naquele dia em que a florista Celeste Caeiro, não tendo cigarros para um soldado, começou a oferecer os cravos encomendados por um restaurante, todos estes covilhanenses se sentem gratos a quem contribuiu para que se tornasse possível o golpe de Estado, que o povo saído à rua transformou em revolução pacífica.

 

 

Reportagem completa na edição impressa do NC. 

 
Ana Ribeiro Rodrigues
 
Tags: 25 de Abril, Covilhã, filhos da revolução, herdeiros do 25 de Abril, Revolução dos Cravos, Dia da Liberdade, Hélia Cassapo, Xavier Canavilhas, Susana Vicente, Madalena Caetano, António Ferreira.
Classificar artigo: 
   
 
Comente Comente     Imprimir Imprimir     Enviar artigo Enviar artigo
Para comentar esta notícia tem de ser um utilizador registado
Entrar ι Registe-se
!!SQL|3|open|select nome, email from REGISTO where id='@@CS|usrid@@'!! !!SQL|3|close!!
O Seu Nome:
O Seu E-mail:
O Nome do Amigo:
O E-mail do Amigo:
A sua Mensagem:
Código de Segurança:
Confirme o Código de Segurança.
Por favor insira os 6 caractéres que estão presentes na imagem.
A inserção dos caractéres é sensível a maiúsculas e minúsculas (case sensitivity).

EDITORIAL

A Europa lá e nós por cá!

Luís Freire       Editorial

OPINIÃO

Achegas para a história do Ferro

Carlos Madaleno
Editorial

 


Anúncios Imobiliários
 

Apartamento T4


Apartamento T4

Para: Venda
Covilhã e Canhoso, Covilhã

Consultar

Loja


Loja

Para: Arrendamento
Castelo Branco, Castelo Branco

Consultar

Restaurante


Restaurante

Para: Arrendamento
Castelo Branco, Castelo Branco

Consultar

Apartamento T3


Apartamento T3

Para: Venda
Santo António dos Olivais, Coimbra

Consultar

NC TV
 


Inquérito   Inquérito


Jornal Notícias da Covilhã Jornal Notícias da Covilhã - O semanário mais antigo do Distrito de Castelo Branco Jornal Notícias da Covilhã - O semanário mais antigo do Distrito de Castelo Branco, expertmedia, xmedia