Director Fernando Brito | Fundado em 1913 | Assinatura | Contactos | Publicidade | Ficha Técnica
Entrar | Registe-se | Ajuda
Banner Topo Direita
O semanário mais antigo
do Distrito de Castelo Branco
tempo 18 ºC
Covilhã
Segunda-Feira, 23 de Abril
|
|
|
|
|
|
Subscrever RSS Feed RSS Feed
Onde estou? » Secções » Actualidade

Motoristas da Covibus em greve

2015-06-09
 


 

Administração diz-se surpreendida com queixas dos funcionários

 

 

Se a administração der resposta à nova proposta feita pelos motoristas, a greve na Covibus, concessionária dos transportes urbanos na Covilhã, será suspensa. Caso contrário, mais paralisações se seguirão, avisaram, na última segunda-feira, no primeiro de dois dias de paragem, os funcionários da empresa, que durante a manhã reuniram com a Câmara da Covilhã e depois se dirigiram à Autoridade das Condições do Trabalho.

Dos 32 motoristas da Covibus, 28 aderiram à greve, para reivindicarem aumentos salariais, melhores condições de trabalho e alertarem para o que dizem ser atropelos à lei com que lidam no seu quotidiano.

Os trabalhadores reivindicam que o ordenado base passe de 579,50 euros para 600 euros e pedem mais um aumento de um euro no subsídio de alimentação, enquanto a proposta da empresa apenas prevê um aumento para 588 euros e de 0,25 euros no subsídio de alimentação.

No encontro com o presidente da autarquia, o representante dos trabalhadores disse ter sido questionado sobre até onde poderiam negociar, para que a edilidade fizesse novo contacto junto da empresa, e mostrou-se disponível a parar a greve se o vencimento fosse fixado nos 600 euros, sem retroactivos, o subsídio de alimentação passasse para os três euros e os funcionários com contrato a termo se tornassem efectivos.

“Se não for resolvido, este processo vai-se prolongar e agudizar”, avisa Manuel Castelão, do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviários e Urbanos de Portugal (STRUP). “Lamentamos que isto aconteça, porque certamente vai afetar a população, mas é o último recurso dos trabalhadores perante o que tem sido a irredutibilidade da empresa relativamente à atualização salarial para valores que consideramos muito razoáveis”, acrescentou.

 

(Noticia completa na edição papel)

 
Ana Ribeiro Rodrigues
 
Tags:
Classificar artigo: 
   
 
Comente Comente     Imprimir Imprimir     Enviar artigo Enviar artigo
Para comentar esta notícia tem de ser um utilizador registado
Entrar ι Registe-se
!!SQL|3|open|select nome, email from REGISTO where id='@@CS|usrid@@'!! !!SQL|3|close!!
O Seu Nome:
O Seu E-mail:
O Nome do Amigo:
O E-mail do Amigo:
A sua Mensagem:
Código de Segurança:
Confirme o Código de Segurança.
Por favor insira os 6 caractéres que estão presentes na imagem.
A inserção dos caractéres é sensível a maiúsculas e minúsculas (case sensitivity).

EDITORIAL

A propósito do debate da eutanásia

Fernando Brito       Editorial

OPINIÃO

Viva o 25 de Abril

Maria da Graça Sardinha
Editorial

 


Anúncios Imobiliários
 

Lote de Terreno


Lote de Terreno

Para: Venda
Covilhã e Canhoso, Covilhã

Consultar

Lote de Terreno


Lote de Terreno

Para: Venda
Castelo Branco, Castelo Branco

Consultar

Moradia T4


Moradia T4

Para: Venda
Cernache, Coimbra

Consultar

Apartamento T2


Apartamento T2

Para: Venda
Buarcos e São Julião, Figueira da Foz

Consultar

NC TV
 


Inquérito   Inquérito


Jornal Notícias da Covilhã Jornal Notícias da Covilhã - O semanário mais antigo do Distrito de Castelo Branco Jornal Notícias da Covilhã - O semanário mais antigo do Distrito de Castelo Branco, expertmedia, xmedia